Dia Mundial de Limpeza das Praias

Neste último sábado 16 de setembro foi o DIA MUNDIAL DE LIMPEZA DAS PRAIAS. Apelidado de “Clean Upthe World”, pelas organizações que iniciaram o movimento de despoluição na Austrália e América do Norte. Sabia que essa é a maior ação global para limpeza do planeta?

Apoiado pela Organização das Nações Unidas (ONU), por meio do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), é um dos programas internacionais de meio ambiente mais inspiradores e efetivos que existe.

Reunimos algumas iniciativas brasileiras que admiramos muito para vocês conhecerem melhor:

Foto: Menos1Lixo

 

Todo ano os oceanos recebem de “presente” 8 milhões de toneladas de plástico resultantes do nosso consumo.
E aí, bora ajudar a reduzir esse número?

Neste último sábado dia 16 de setembro, FernadaCotez, fundadora do Menos1LIxo e DefensoraMares Limpos pela ONU Meio Ambiente Brasil, convocou voluntários aos mais de 100 grupos que estão se articulando na limpeza das praias do Rio de Janeiro.
Em 2050, 99% das aves marinhas terão ingerido plástico. Se não mudarmos o consumo de descartáveis, haverá mais plástico do que peixes nos oceanos. O que fazer: diga NÃO aos descartáveis! Vamos juntos mudar essa realidade.

Sobre a Fe Cortez: Há 5 anos, em setembro de 2012, recebi aquele chacoalhão que me fez repensar tudo. Foi no Festival do Rio quando assisti ao Trashed, e, de todas as cenas, a que mais me marcou foi a Ilha de Plástico do Pacífico. Saí do cinema pensando no impacto do homem, no meu impacto, na ordem natural, da natureza do planeta. Decidi que ia mudar meu consumo, porque não fazia mais sentido continuar consumindo da mesma forma. Comecei entendendo que estávamos transformando o planeta em uma grande lixeira.
Aquele filme me fez relembrar minha missão de vida nesse planeta, que é ser uma ativista ambiental. Mas vai até mais além, seria agir pela preservação da vida.

Cinco anos depois, amanhã, serei nomeada DEFENSORA MARES LIMPOS pela ONU Meio Ambiente, junto com @belagil, @familiaschurmann, @bonosurfdog e @martinegrael! Que responsa, e que honra falar em nome da ONU Meio Ambiente, defender os Oceanos!

É tanta emoção que eu nem sei muito mais o que falar, só que tenho cada dia mais certeza que @menos1lixo é um estilo de vida. Precisamos repensar nossas atitudes diárias, aquelas que já estão no piloto automático, aquele sim para o canudinho, para o copinho, se quisermos que os oceanos estejam livres de plástico. E é claro, também se quisermos ser uma espécie que habita esse planeta. E que estamos junto com mais milhões de outras, que gentilmente cedem sua casa, sua vida, pra gente continuar aqui.
Site: http://www.menos1lixo.com.br/

 

Dia Mundial de Limpeza das Praias: Instituto EcoFaxina

Fundado pelo biólogo William Schepis, o Instituto Ecofaxina atua em Santos. Tem ações voluntárias para chamar a atenção da população e do governo para o grave quadro de poluição por resíduos sólidos em nossas praias e mangues. Além disso e ao mesmo tempo, retirar o máximo possível de resíduos do ambiente marinho.
Estas ações tornaram-se uma ferramenta de pesquisa e educação ambiental, que, por meio da sensibilização e do trabalho em equipe, propiciam uma nova perspectiva do problema para voluntários e observadores. É uma intensa troca de informações e experiências, que promove hábitos sustentáveis na população.

O objetivo é implantar o Sistema Ambiental de Coleta de Resíduos. Isso ajuda a recuperar áreas degradas de manguezal, de forma gradativa e ininterrupta. Isso gera renda por meio da formação de uma frente de trabalho composta por homens e mulheres, em situação de vulnerabilidade social e habitantes de palafita. Cria-se assim uma nova profissão dentro do setor de resíduos e reciclagem, o “Agente Ambiental de Coleta de Resíduos”. O projeto tem como meta reverter o quadro de degradação. Mas também atuar em parceria com as comunidades que contribuem para o atual cenário de caos, como favelas palafitas e bairros de periferia.

Site: http://www.institutoecofaxina.org.br/

 

 

Dia Mundial de Limpeza das Praias: Projeto Somos do Mar

Foto: Eduardo Zuza

Lançado em 2017, o Projeto Somos do Mar leva conhecimento sobre os oceanos e o problema do lixo marinho aos jovens da Praia Branca, no Guarujá (SP).Idealizado por um grupo de amigos do tradicional bairro da Mooca, em São Paulo, o SuperSurf Lixo (SSL) aconteceu no dia 29 de julho na Praia Branca, Guarujá (SP).Com essência de confraternização, o campeonato trouxe a participação especial do Projeto Somos do Mar (PSMar). Além disso e junto à Associação de Moradores da Praia Branca, realizou atividades de Educação Ambiental com crianças e adolescentes. Diulie Tavares, engenheira ambiental e Rafael Langella, oceanógrafo, lideram o projeto. O objetivo é popularizar conhecimento sobre os oceanos e o problema do lixo marinho de forma lúdica e criativa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *