Produtos eletrônicos reciclados: deixe sua pegada mais leve

Produtos eletrônicos reciclados

Você já pensou em produtos eletrônicos reciclados? Segundo o mais recente relatório da ONU foram descartadas quase 45 milhões de toneladas métricas de aparelhos eletrônicos em 2016. Esses produtos descartados (considera-se celulares, notebooks, TV’s, entre outros) representam um risco incalculável para o meio ambiente e à saúde humana. Estima-se que no ano passado, de todo montante descartado, apenas 20% foi reciclado. Ainda segundo esse relatório, houve um aumento de 8%, cerca de 3,3 milhões de toneladas de lixo eletrônico, entre 2014 e 2016.

Segundo o Centro de Tecnologia Mineral (CETEM), cerca de 70% dos metais pesados encontrados em lixões e aterros controlados são provenientes de equipamentos eletrônicos descartados, que contaminam o solo e lençóis freáticos, colocando em risco a saúde pública.

 

Substâncas que podem prejudicar a sua saúde

Listamos algumas substâncias que constituem os aparelhos eletrônicos e que podem causar riscos à saúde humana, são eles: Alumínio, Antimônio, Arsênio, Berílio, Bismuto, Cádmio, Chumbo, Cobalto, Cobre, Cromo, Estanho, Ferro, Lítio, Mercúrio, Níquel, Selênio, Zinco etc. Muitos desses elementos são cancerígenos e podem deteriorar o sistema nervoso quando expostos diretamente ao meio ambiente de forma inapropriada.

No Brasil, existem postos coletores, mercados e revendedores de produtos eletrônicos que aceitam os Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos (REEE). Outra alternativa é com base na Lei de Resíduos Sólidos, em vigor no Brasil, que garante que as empresas de eletrônicos ofereçam o serviço de logística reversa, dando um fim correto aos aparelhos que produz.

 

Como obter um produto eletrônico reciclado

Recomendamos que, além de buscar o destino certo na hora do descarte, as pessoas optem por alternativas na hora de consumir novos aparelhos. Já é possível obter um computador feito com partes de outro já existente e por um valor bem mais acessível. A remanufatura de computadores é uma atividade que está de acordo com os princípios da economia circular e da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). A economia circular propõe a reutilização dos produtos ao máximo de sua capacidade, para posterior remanufatura e, então, reciclagem. Os componentes ganham uma vida extra com a remanufatura, o que significa menos impacto ambiental e, ainda por cima, muita economia para o seu bolso.

Os computadores usados na POSITIV.A são certificados com o selo Remakker e Empresa B.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *