Pantanal

PANTANAL

A POSITIV.A chegou no Pantanal por meio do Refúgio Ecológico Caiman, como vocês podem ver neste texto aqui.

A proposta é que a implantação do Núcleo de Cultura de Sustentabilidade contribua para aumentar e interagir com o conceito já existente na Pousada, e que o próprio nome diz: ser um refúgio ecológico.

Para além do turismo, a POSITIV.A levará aos espaços da Caiman soluções voltadas à cultura da sustentabilidade, considerando ações que promovam a apropriação dos recursos energéticos presentes, minimizando impactos, priorizando a conservação ambiental do espaço, gerando impacto social e ambiental positivo.

Essas intervenções terão tamanha relevância nas questões locais, que acreditamos que irão refletir diretamente na atração turística, que também deverá auxiliar e fortalecer os programas pedagógicos e a cultura da sustentabilidade na comunidade.

PANTANAL – O PROCESSO  PANTANAL

 

A partir dos recursos disponíveis na área, criar um sistema que dependa o mínimo possível de recursos externos, funcionando com alta capacidade regenerativa. Desta maneira, os resíduos (subproduto) de um elemento, são o recurso necessário para outro. Por meio da ação, é possível perceber que um recurso que na sociedade atual é destinado ao lixo, se transforma em produto a ser utilizado nos canteiros da agrofloresta. Que, por sua vez, servirão para nutrir a terra e melhorar as condições de desenvolvimento dos alimentos produzidos ali, dispensando em todas as etapas do processo o uso de substâncias químicas e quaisquer tipos de agrotóxicos.

 

AGROFLORESTA

 

Uma produção que, além de tornar a vida das pessoas mais econômica, faz dela mais divertida, saudável, ética e por quê não? econômica!

O método agrícola visa integrar a produção de alimentos à reconstituição de florestas, de forma semelhante aos sistemas naturais originais de cada local de interação. Esse método tão falado por nós na POSITIV.A é o método mais ecoeficiente de se produzir alimento, visto que o sistema integrado não necessita de aporte externo de energia, maquinaria pesada, agrotóxicos, fertilizantes químicos e outros adubos, pois as espécies se bastam e protegem entre si. A agricultura passa a ser uma tentativa de harmonizar as atividades humanas com os processos naturais de vida existentes em cada lugar que atuamos. O sistema agroflorestal, além de ser muito produtivo, apresenta-se como a solução mais adequada pelos seguintes motivos:

1) Otimização de espaço: utilizando consórcios de estratificação e sucessão é possível produzir até 4 vezes mais que o sistema convencional;

2) Maior resiliência a seca e chuva intensa

3) Independência de insumos externos

4) Transforma resíduos em recursos;

 

ESTUDO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

 

O consumo de gás e de eletricidade de toda a área do Refúgio Ecológico está em processo de estudo para identificar as possibilidades de economia e eficiência energética.

O plano de ação inicial contempla as seguintes possibilidades:

1) Equipamentos mais eficientes

2) Conscientização dos usuários

3) Fontes alternativas de energia, como o Biogás, Solar Fotovoltaica e Aquecimento Solar.

 

Caminhamos para transformar mais que um lugar, mas também o estilo de vida de muita gente!
Acompanhem nossa saga no Pantanal rumo a um futuro mais consciente e abundante!

 

PANTANAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *