Próteses de Plástico Reciclado. Já ouviu falar?

prótese de plástico reciclado

Um casal de Illinois, nos Estados Unidos, teve uma ideia brilhante! Resolveram solucionar dois grandes problemas, um social e um ambiental, com uma ação só. Vamos explicar!

Laura e Chris Moriarity passaram a fabricar próteses para crianças carentes com alguma deficiência física ao redor do mundo, a partir de plástico retirado do oceano. Fundaram então a Million Waves Project, organização sem fins lucrativos responsável pela produção, sediada em Anacortes, Washington.

Pelo fato de a matéria prima ser muito barata, as próteses têm seu preço final muito mais em conta do que as convencionais – entre 45 a 170 dólares. A subsistência da organização se dá por meio de doações, patrocínio e venda de chaveiro do projeto.

O processo é feito da seguinte forma: a partir dos resíduos plásticos coletados do oceano e das praias, o casal faz os cortes à mão, e depois pulveriza em um triturador. O material resultante disso é colocado em uma impressora 3D, que produz as peças sob medida, conforme as necessidades de cada criança.

O projeto conseguiu reunir duas paixões e duas urgências. O Million Waves Project reúne duas situações globais inaceitáveis ​​e oferece uma solução prática e sustentável.  “Percebi que um dos problemas mais vergonhosos do mundo poderia ser recuperado e se transformar em algo para se orgulhar. [A] história de redenção que todos nós poderíamos participar ”, diz o empreendedor e responsável pelo projeto Chris Moriarity, no site oficial do projeto.

O casal pretende mecanizar a produção para aumentar em, pelo menos, dez vezes a quantidade de próteses fabricadas hoje em dia.

A Million Waves já atua no Brasil também e você pode fazer doações diretas através do link: https://linktr.ee/millionwavesbrasil

A POSITIV.A tem orgulho de estar nessa maré do oceano limpo (que – em breve – não será mais maré, será sempre cheia – cheia de vida marinha, cheia de água limpa!), por meio dos frascos feitos de plástico de oceano e também do esfregão ecológico, feito a partir de restos de redes de pesca.

Por mais atitudes positivas como essas! Vamos juntos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *