Você já Ouviu Falar em Pesca Fantasma?

pesca fantasma

Pesca Fantasma é o termo utilizado para se referir à todas as consequências geradas pela pesca, ou seja, aquilo que a ação de pescar deixa para o oceano, como restos de redes de pesca, anzóis, linhas, varas, armadilhas e muitas outras.

Tudo isso tem impacto direto na vida marinha e na poluição das águas como um todo.

Milhares de espécies são brutalmente afetadas, por vezes, ocasionando a morte. E isso não se limita aos mares, mas também em importantes rios do país.  Entre os animais mais afetados estão baleias, tartarugas marinhas, toninhas, tubarões, raias, garoupas, pinguins, caranguejos, lagostas e aves costeiras.

Segundo o Relatório inédito da Proteção Animal Mundial (World Animal Protection), lançando este mês (dezembro/2018), o impacto negativo de petrechos de pesca perdidos ou abandonados na costa brasileira podem impactar até 69 mil animais marinhos por dia. Ainda neste relatório consta que mais de 6 mil toneladas de redes de pesca são produzidas ou importadas por ano no Brasil. A partir disso, estima-se que mais de meia tonelada desses materiais acabam perdidos nos mares do país diariamente. O estudo ainda apontou casos de pesca fantasma em 70% do litoral brasileiro, inclusive em áreas protegidas.

O relatório Maré Fantasma foi realizado com colaboração da ONU Meio Ambiente, Instituto Baleia Jubarte e WWF-Brasil.

A pesca é ainda uma atividade pouco pesquisada e controlada no Brasil. Quase não existem dados e regulamentação; de forma que esse estudo inédito chega com tamanha importância como uma estimativa e, por isso, devemos considerar que esses números sejam ainda maiores e seus efeitos ainda mais graves, a curto, médio e longo prazo.

 

O PROBLEMA É (QUASE) SEMPRE ELE: O PLÁSTICO

A pesca fantasma tem tamanho impacto pois os petrechos são comumente feitos de material plástico, que tem alto impacto ambiental e sua decomposição é muito, muito lenta. E mesmo quando em processo final de decomposição, o plástico vira microplástico e ainda se mantém uma ameaça às espécies marinhas menores, comprometendo toda a cadeia e o ecossistema marinho.

 

AÇÕES

Como tentativa de frear e por que não (?) reverter essa situação, a Proteção Animal Mundial promove a campanha Sea Change, que propõe trazer a pauta para conhecimento público, da população geral e do governo, para que medidas e políticas sejam tomadas de forma cada vez mais eficaz e urgente.

 

IMPACTO POSITIVO PELA POSITIV.A

Com a produção dos esfregões ecológicos da POSITIV.A transformamos 1 tonelada de redes de pesca perdidas nos mares em novos produtos altamente duráveis e eficientes. Saiba mais sobre o esfegão e os impactos do plástico nos oceanos em nosso blog: https://positiva.eco.br/solucao-para-o-plastico/

Além do esfregão, a nova linha de produtos POSITIV.A vem em frascos feitos de plástico de oceano. Ou seja, plástico recolhido das praias por Cooperativas, e reciclados até se transformarem em novas embalagens. Com isso, retiramos 3 toneladas de plástico do litoral de São Paulo. Saiba mais: https://positiva.eco.br/oceano-limpo-uma-exposicao-sobre-a-problematica-do-plastico/

Oceano Limpo é nosso compromisso! E faremos o possível para ser o compromisso de todos!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *